Fórum DLE


Ducto Venoso onda A negativa
Enviada em 07/04/2008 às 16:16:16 por ANA CLAUDIA
Estou grávida de 13 semanas e o meu ultrassom morfológico de 1o. trimestre deu TN = 2,0 e presença de osso do nariz. Porém, o Ducto Venoso deu Onda A Negativa. Alguém pode me ajudar? Estou muito nervosa! Tenho 30 anos e é minha primeira gestação.  Não sei o que isso pode significar. Fico no aguardo e desde já agradeço.Abraços, ANA.
Meu filho também teve
Enviada em 11/07/2019 às 06:35:57 por Mãe
Fique tranquila! Comigo aconteceu a mesma coisa, hoje meu bebê está com 7 meses lindo e saudável. Foi uma angústia esperar pra fazer o ecocardiograma pra confinar que ele não teria nenhum problema cardíaco. O que fiz na época foi evitar ficar fazendo buscas na internet sobre o problema pra não sofrer mais. Graças a Deus está tudo bem, foi só um alarme falso
Ducto venoso onda A invertida
Enviada em 20/09/2014 às 13:59:59 por Jessica
Olá Ana Claudia, estou passando pela mesma situação e gostaria de saber como concluiu a sua gravidez.
Obrigada.
Jéssica
Re:Ducto Venoso onda A negativa
Enviada em 31/03/2010 às 11:26:44 por mima
Oi nega!! HJ fiz este exame e o médico me disse que estava tudo normal. Porém quando abri o exame no carro observei que havia referência em relação ao ducto venoso A negativo...Vou ligar pro meu GO, mas fique tranquila...minha TN=1,6 e também havia presença de osso nasal...parece que estes fatores precisam estar associados para aumentar uma probabilidade de anomalia cromossômica, mas Deus é Fiel!! A vitória é nossa!!!
Re:Re:Ducto Venoso onda A negativa
Enviada em 03/05/2010 às 13:32:31 por Christiane
Olá! Estou na 13a semana e meu ultrasson acusou que no ducto venoso a onda A está reversa, mas a TN = 1,9mm e osso nasal hipoplástico. alguém saberia me orientar?Abs
Ducto venoso onda A invertida
Enviada em 20/09/2014 às 14:01:10 por Jéssica
Olá Christiane, estou passando pela mesma situação e gostaria de saber como concluiu a sua gravidez.
Obrigada.
Jéssica
Re:Ducto Venoso onda A negativa
Enviada em 11/11/2010 às 14:27:27 por Ludiane Oliveira
Olá, fiz minha ultrasson que também deu onda A negativa (estou com 12 semanas). Meninas vocês que ja tiveram bebê. Me digam o que aconteceu ate o final da gravidez!
Ducto venoso onda A invertida
Enviada em 20/09/2014 às 14:02:00 por Jessica
Olá Ludiane, estou passando pela mesma situação e gostaria de saber como concluiu a sua gravidez.
Obrigada.
Jéssica
A invertida
Enviada em 07/04/2012 às 13:47:59 por Maria
Como correu seu caso? Estou em situação igual
Re:Re:Ducto Venoso onda A negativa
Enviada em 30/11/2010 às 22:03:43 por Priscilla
Oi, pessoal! Volto a este fórum para, conforme eu tinha prometido, contar a minha experiência com a TN para ajudar a aliviar a acalmar os corações dos papais e mamães que estão aqui sofrendo como eu e meu marido estivemos há alguns meses. Sei exatamente o que vocês que estão por aqui buscando esperança estão passando. É um período terrível que marcou muito a minha vida e de meu esposo, sofremos muito quando isso nos aconteceu, mas deu tudo certo conosco e tenho certeza que vai dar com vocês também. Em resumo, fiz o morfo de primeiro trimestre eu tinha TN de 3,9 com 31 anos, ducto venoso alterado e presença de osso nasal. Fiz duas vezes o exame, um na sexta-feira, no laboratório LEGO, de SP, que não recomendo para ninguém, foram péssimos, insensíveis, grosseiros, a médica foi um verdadeiro monstro num momento tão delicado, e o resto da equipe também foi péssima. Depois repetimos o exame segunda-feira na medicina fetal do São Luiz, onde o resultado foi igual, mas o tratamento da equipe foi inigualável, fantástico, maravilhoso. Meu obstetra, Dr. Fúlvio Basso Filho, do São Luiz, recomendou que fizéssemos a biópsia, porque eu não agüentaria psicologicamente até o fim da gestação para saber se estava tudo bem, visto que além de problemas genéticos, o ducto venoso alterado poderia indicar um problema cardíaco. Fiz a biópsia de vilo corial na própria segunda-feira, e aguardamos terríveis 12 dias para saber o resultado, e quando veio foi melhor que ganhar na loteria. Meu bebê nasceu perfeitinho, saudável, sem síndrome de down ou qualquer anomalia genética. Ele chama Theo Fernando e está com dois meses já! Quem fez minha biópsia foi o chefe da medicina diagnóstica da maternidade são Luiz, onde eu tive meu bebê. Ele se chama Adolfo Liao e é um expert em medicina fetal. Quando ele olhou nosso caso ele recomendou fazer a biopsia, mesmo que a biopsia tivesse risco de aborto (ficamos com muito medo), mas ele me disse pra não me preocupar, que com osso nasal presente ele só se preocupava com TNs acima de 5. Dito e feito: o Theo é geneticamente perfeito.Quando eu soube da minha TN, fizemos numa sexta feira, eu não consegui nem sair da maca de tanto que eu chorei. Eu fiz tratamento pra engravidar, pois tinha síndrome dos ovários policísticos e tentava engravidar há anos, e consegui graças ao Dr. Fúlvio de forma natural, sem FIV, só com remédio. Enfim, quando soubemos, fiquei o fim de semana todo de cama, chorando, sem nem sair pra comer ou tomar banho. Meu marido que segurou a barra e conseguiu me enfiar no chuveiro. Na segunda refizemos o exame e deu igual, 3.9. Eu desabei de novo. Na segunda feira mesmo já fizemos a biopsia e ai começou a espera, primeiro para ver se o feto sobreviveu à biopsia, depois a espera pelo resultado. Foi muito difícil mesmo. Hj eu penso no coitado do Theo na minha barriga, ele não teve nada, era perfeito o tempo todo, e eu lá sem comer e passando nervoso, imagino que ele deve ter sofrido junto, por isso se vocês estiverem passando por isso, pensem na possibilidade de estar tudo bem e que a tristeza e o nervoso vão fazer mal para o bebê de vocês, e a grávida vai se arrepender como eu de ter ficado assim quando tudo tiver passado, pois todo esse stress pode prejudicar o bebê de vcs. Sei que num momento desses é difícil pensar assim, positivo, e olhe que eu sou daquelas que acha que sempre  o pior vai acontecer, sabe...mas acabou dando tudo certo e hj eu me arrependo de ter dado tanto valor a uma estatística e feito meu Theo sofrer a toa na minha barriga...curti muito menos do que deveria minha gravidez por causa dessa TN e não pretendo fazer esse exame numa próxima gravidez.Foi um susto horrível, mas graças a Deus só um susto. Acho que aceitaríamos nosso filho de qualquer modo, mas não vou negar que ter um filho doente, qualquer que seja a doença, seja Down ou qq outra, não é o sonho de ninguém. Todos sonhamos com filhos saudáveis e independentes, certo? Li muito sobre TN no período em que estava sofrendo com isso e aprendi bastante, então saibam que TN é um indicador, é uma estatística, não determina nada, não é um resultado, apenas um enquadramento de dados em uma análise estatística. Em resumo, trata-se de um pesquisador que juntou dados da nuca de bebês na 12 semana de gestação e analisou, e conseguiu uma estatística dizendo que a maioria dos bebes com nuca acima de 2,5 na 12 semana, sem presença de osso nasal ou pequeno e com ducto venoso invertido tinham problemas genéticos ou cardíacos (muitos down têm problemas cardíacos e o nariz neles é pequeno).Isso significa que mesmo que seu bebe tenha nuca abaixo de 2,5, ele pode ter problema genético, pois TN não é exame, é estatística. Afinal, quando se trata de médias, se você tiver dois pães e eu não tiver nenhum, na média estamos ambos alimentados com um pão cada, não é? Então, números ajudam, estatísticas ajudam, mas não confirmam. Só a biopsia de vilo corial ou a amniocentese podem dar 100% de certeza. Esse exame é tão incerto que nos EUA  e em muitos países ele nem é feito. Eles fazem direto a biopsia ou amniocentese nos casos que eles consideram de risco, que é quem tem mais de 30 anos. Agradeço a todos os que dividiram suas histórias aqui no fórum e por e-mail comigo e me ajudaram neste que foi um dos momentos mais difíceis da minha vida. Tenho certeza que vai dar tudo certo com vocês que estão passando por isso agora.Se alguém quiser conversar mais, podem me escrever no prijujane@yahoo.com.br.Tenham fé. O momento é difícil, mas passa. Força!!!Abs!Priscilla


Certificações

Controles de Qualidade