Fórum DLE


Bebe jessica
Enviada em 18/08/2018 às 16:25:48 por Pri
Jessica e ai?
O que deu afinal?
Como está sua bebe?
TN ALTERADA 9.5mm
Enviada em 27/12/2018 às 10:59:49 por Jéssica
Consegui apenas hoje achar meu depoimento. Para enfim dar uma resposta.

Antes de completar as 15 semanas acabei perdendo a bebÊ, e o resultado da coleta do Vilo, deu que ela teria Sindrome de Turner caso viesse a nascer.

Obrigada
avó desesperada
Enviada em 23/05/2017 às 15:30:17 por Maria altina
estou com o mesmo problema com minha filha, gostaria de saber se vc está bem e se eu posso ter esperança.
TN Aumentada com 11 semanas
Enviada em 10/05/2017 às 19:33:52 por Andressa
Olá mamães! Depois de uma semana angustiante lendo vários e vários tópicos e relatos sobre o assunto, eu não poderia deixar de contar o meu caso, e encher os vossos corações de esperança!
Fiz a TN com 11 semanas, deu 3,8, o médico foi bem taxativo quando a possibilidade do bebê portar alguma síndrome ou cardiopatia. O mundo desabou sobre mim e meu marido, é nosso primeiro filho, estamos há dez anos juntos e essa gravidez é muito desejada! No entanto, passado o desespero levantamos a cabeça e decidimos que faríamos qualquer coisa que estivesse disponível de exames, tratamentos em fim, qualquer coisa. O médico falou sobre a NIPT e com a ajuda de amigos e familiares orçamos e encontramos uma clínica em SP que o faria por R$1980,00. Porém antes de viajar para realizar o exame, o médico pediu para repetir o ultrassom e medir a TN. Pois bem, com 12 semanas repetimos o ultra e a TN deu 1,6!!! Estamos sem palavras assim como o próprio médico ficou também! Tenham fé, muita fé, pois rezamos e pedi muito à Deus e à Santa Paulina esta bênção...nosso bebê está perfeito, foi a melhor notícia da minha vida!
A angústia e medo da TN alterada
Enviada em 21/04/2017 às 09:15:55 por Mamãe aflita
Bom dia mamães! Passando pelo mesmo problema, TN de 5.6, ON presente. Fiz a ultra detalhada que da 95% de risco de síndrome. O meu resultado de 1para4. O médico falou que não queria tirar minha fé, mas que ele é profissional. Mas eu creio no Deus do impossível, e a última palavra é a Dele. Está doendo muito sabe, tudo começou na terça feira dia 18 na primeira ultra. Por mais que eu me sinta franca eu vou pefir a Feus e acreditar que vou voltar aqui com boas notícias. Que Deus abençoe cada uma de nós.
Más notícias...
Enviada em 14/04/2017 às 10:02:16 por Mamãe de primeira viagem
Minhas queridas, infelizmente a notícia que trago não é a que gostaría.. não venho trazer esperança a vocês como queria, o desfecho do meu caso foi o pior possível!! O resultado do meu exame deu Trissomia 18, uma menina com essa alteração genética. Na minha última consulta ela já estava sem batimentos cardíacos, o médico disse que são raros casos que nascem vivos com essa alteração, é mto comum a perca. Já passei por todo sofrimento da despedida, do choque da notícia... espero que o caso de vocês seja o melhor possível, e que contrarie a expectativa dos médicos como eu deseja que fosse o meu. O que posso dizer é força pra vocês!! Procuro pensar que foi melhor assim, pois seria uma criança muito doente, e que não sobreviveria muito tempo após seu nascimento. Se apeguem a algo bom, e não vamos desistir, um dia seremos abençoados com nosso bebezinho perfeito, mas depois de passar por tudo isso acho que nunca mais terei uma gravidez tranquila, ficarei apreensiva até o fim!! Força e boa sorte!!
Recado para mãe de primeira viagem
Enviada em 17/04/2017 às 19:23:22 por Flavia
Olá mamãe,
Eu sinto muito mesmo por sua perda. Mas tenho certeza que em breve vcs terão o bebê lindo e saudável que vcs sonham. Você é bem novinha, tem uma vida inteira pela frente. Não fique preocupada na sua próxima gravidez, pois cada gravidez é completamente diferente da outra. Falo por experiência... Tenho um lindo filho de 9 anos e foi tranquilo.
Boa sorte e fica em paz. BJs no seu coração. Flávia
Obrigada
Enviada em 28/04/2017 às 16:27:16 por Mamãe de primeira viagem
Obrigada pelo carinho Flavia, não é nada fácil tudo isso que nós passamos... mas não pretendo perder a fé muito menos desistir!! Se Deus permitir final desse ano tentarei novamente!! Bjos para você também e fique com Deus.
Recado para mãe de primeira viagem
Enviada em 17/04/2017 às 19:23:19 por Flavia
Olá mamãe,
Eu sinto muito mesmo por sua perda. Mas tenho certeza que em breve vcs terão o bebê lindo e saudável que vcs sonham. Você é bem novinha, tem uma vida inteira pela frente. Não fique preocupada na sua próxima gravidez, pois cada gravidez é completamente diferente da outra. Falo por experiência... Tenho um lindo filho de 9 anos e foi tranquilo.
Boa sorte e fica em paz. BJs no seu coração. Flávia
Resultado do vilo corial - e agora?
Enviada em 11/04/2017 às 16:11:18 por Pequena Lara
Passei por toda esta angustia. A TN deu 3,8, duto reverso ( A -) com presença de osso nasal e fiz o Vilo Corial, inclusive pegai valor extra para o exame ser liberado em 5 dias.
Nos prendemos a presença do osso nasal para pensar no melhor.
O resultado do vilo corial sai no dia 21/03 - dia mundial de conscientização da Sindrome de Down e o resultado veio positivo para a trissomia 21, também informou que seria uma menina.
No primeiro momento foi um alivio, já que afastou todas as outra anomalias genéticas que impossibilitariam minha filha de ter uma vida digna, e as chances de alteração na TN ser algum problema que pudesse gerar paralisia nervosa ou muscular, que somente poderia ser descoberta no final da gestação. Minha família é de médicos, e o excesso de informação e possibilidades gera panico enlouquecedor.
Enfim, com a noticia, no decorrer dos dias minha gestação tem sido de altos e baixos emocionais.
O pai surtou e teve imensa dificuldade em aceitar o resultado, escutei muitos absurdos.Agora ele voltou a aceitar a gestação, mas não pode tocar no fato de ter down.
O desconhecido assusta muito, assim como o receio do preconceito que ela possa sofrer e do panico de não conseguir proporcionar uma vida com os estímulos que ela vai precisar. Por outro lado passei a conhecer um mundo que até então eu nunca havia parado para olhar e vejo que é cada vez mais possível uma pessoa com síndrome de down crescer, estudar e até ter uma vida independente.
A insegurança e os fantasmas do futuro obscuro são cruéis com o emocional de uma gestante. Ter o resultado do exame ainda no terceiro mes de gestação, sem que o resultado possa ser alterado, sem que haja nada para ser feito, servindo apenas para tirar lagrimas, gerar medo e ensinar a nos conscientizarmos e nos prepararmos para dar ainda mais amor e dedicação ao pequeno bebe que irá chegar.
Espero, do fundo do meu coração, que seu exame dê ausência de qualquer alteração.
Mas, se por acaso, tiver alguma mamãe que passe ou passou pelo mesmo que eu, conversar sempre é uma boa opção.
Muitos tem me julgado, inclusive o pai, já que quando alguém do meu ciclo social, vem querer saber sobre a gravidez, eu já digo o sexo e que terá down. Acho que foi uma forma que encontrei de aceitar e me preparar para a realidade pós parta, afastando assim os olhares de piedade, sem falar que desse modo passei a saber de outros casos semelhares ao meu e já conheci pessoas que passaram por isso e tem me mostrado que a realidade de um bebe com down é a mesma de qualquer bebe, só precisa de algumas motivações a mais.


Certificações

Controles de Qualidade