Cariótipo de Vilo Corial com Banda G

Indicação

Alterações morfológicas ao ultrassom, translucência nucal alterada, antecedentes familiares ou filho anterior com cromossomopatia e/ou malformação congênita, rearranjo cromossômico nos pais, idade materna avançada (>35 anos), abortos de repetição, risco aumentado para anomalia cromossômica na triagem pré-natal bioquímica de primeiro trimestre (Risco fetal) ou Prenateste (NIPT).

Células Análisadas

25 células.

Preparo do Paciente

A coleta é procedimento realizado somente por especialista em clínicas especializadas em Medicina Fetal ou em ambiente hospitalar entre a 11ª e 14ª semana de gestação. O DLE não realiza a coleta.

Amostra

Enviar uma pequena quantidade de vilosidade coriônica (10 a 50 mg) em frasco estéril contendo soro fisiológico estéril ou solicitar previamente ao laboratório meio de transporte. Também pode ser encaminhado em seringa atóxica (marca BD*) contendo soro fisiológico estéril ou meio de transporte, sem agulha e com tampa protetora.

Estabilidade

Armazenado em Soro fisiológico 0,9% a estabilidade é de 24 horas e em meio de transporte 48 horas, mantido sob refrigeração (2° a 8°C).

Transporte da Amostra

Enviar a amostra sob refrigeração com gelo reciclável, tomando o cuidado de não deixar a amostra em contato direto com o gelo para evitar destruição celular.
Vide Instrução para envio

Método

Cromossomos obtidos a partir de  cultura semi-direta ou prolongada de trofoblastos com bandamento G - Estudo numérico e estrutural dos cromossomos com resolução de 400 - 550 bandas.

Prazo

10 dias corridos (cultura semi-direta) ou 30 dias corridos (cultura prolongada).
Observação: Fatores como idade gestacional, quantidade de amostra e aspecto das células em cultura determinam o tipo de cultivo necessário. Dessa forma, o prazo será confirmado após recebimento e triagem do material pelo setor de Citogenética do laboratório DLE.

Interferentes

Temperatura de transporte inadequada (amostra congelada ou aquecida), quantidade inadequada de amostra, embalagens inadequadas que podem resultar em contaminação durante o transporte, prazo de estabilidade excedido.

Limitações técnicas

O cariótipo normal não exclui mosaicismo de baixa frequência (amostragem estatística), microalterações cromossômicas, mutações gênicas e fatores ambientais (exposição a agentes teratogênicos).  Falso-mosaicismo cromossômico pode ocorrer devido a artefato da cultura e presença de anormalidades cromossômicas em células da placenta que não ocorrem nas células do feto (mosaicismo confinado à placenta).

Observação

Informar DUM, Idade Gestacional ou anexar USG obstétrica.

 

 

* A marca BD não possui substâncias citotóxicas

 

Busca DLE

Solicitação
de material

CANAL DO CLIENTE

4020-8080
Seg. a Sex. das 08h às 18h
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.



Nossas unidades

 

 

 

 
   

Certificações

Controles de Qualidade