Cariótipo de Produto de Concepção com Banda G (Aborto)

Indicação

Abortos de repetição (mais de dois), antecedentes familiares de cromossomopatias, FIV, gestação anembrionada, mola hidatiforme.

Células Análisadas

10 a 20 células.

Preparo do Paciente

A coleta do material é realizada somente em clínicas especializadas ou Hospitais, podendo ser realizada em qualquer idade gestacional. O DLE não realiza a coleta.

Amostra

  • Até a 11ª semana de gestação, colher vilosidade coriônica ou enviar o saco gestacional completo.
  • Da 12ª a 16ª semana de gestação, colher vilosidade coriônica, pequeno fragmento de pele fetal ou cordão umbilical.
  • A partir da 17ª semana de gestação, colher pequeno fragmento de cordão umbilical ou pele fetal (cerca de 1cm³, preferencialmente da região posterior do tronco (costas)).


Enviar a amostra conservada em frasco estéril contendo soro  fisiológico estéril (NaCl 0,9%) ou solicitar previamente ao laboratório meio de transporte.
Enviar preferencialmente em materiais fornecidos pelo DLE.

Estabilidade

Armazenado em Soro fisiológico 0,9% a estabilidade é de 24 horas e em meio de transporte 60 horas, mantido sob refrigeração (2° a 8°C).

Transporte da Amostra

No próprio frasco fornecido pelo laboratório ou em soro fisiológico estéril, não passar para tubos não estéreis. Enviar a amostra sob refrigeração com gelo reciclável, tomando o cuidado de não deixar a amostra em contato direto com o gelo para evitar destruição celular.
Vide Instrução para envio

Método

Cromossomos obtidos a partir de cultura de trofoblastos ou fibroblastos com bandamento G - Estudo numérico e estrutural dos cromossomos com resolução de 400 - 550 bandas.

Prazo

30 dias corridos

Interferentes

Temperatura de transporte, amostra inadequada (presença somente de decídua e coágulos), embalagens inadequadas, prazo de estabilidade excedido, aborto retido por dias. Contaminação com células maternas.
Amostras que tiveram contato ou foram acondicionadas em álcool ou formol, são impróprias e não serão aceitas para análise.

Limitações técnicas

O cariótipo normal não exclui mosaicismo de baixa frequência (amostragem estatística), microalterações cromossômicas, mutações gênicas e fatores ambientais (exposição a agentes teratogênicos).  Falso-mosaicismo cromossômico pode ocorrer devido a artefato da cultura e presença de anormalidades cromossômicas em células da placenta que não ocorrem nas células do feto (mosaicismo confinado à placenta).

Observação

Informar DUM, Idade Gestacional ou anexar USG obstétrica.

 

 

 

 

Busca DLE

Solicitação
de material

CANAL DO CLIENTE

4020-8080
Seg. a Sex. das 08h às 18h
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.



Nossas unidades

 

 

 

 
   

Certificações

Controles de Qualidade